Blush drama: deixa o rosinha ser protagonista de novo!
Desejos

Blush drama: deixa o rosinha ser protagonista de novo!

por Vânia Goy

O mundo dá voltas mesmo, não é? Já faz uns três anos que estávamos — todos os envolvidos com beleza no dia a dia — obcecados pelo make muito natural. Até falei aqui dos looks crus que a Céline tinha adotado nas campanhas, e de como era muito moderno parecer que a gente tinha saído de casa apenas com a pele saudável.

Os maiores maquiadores do mundo (a.k.a Peter Phillips, Lucia Peroni e Guido Palau) deram entrevistas dizendo que desencanar da máscara de cílios e daquele blush rosadinho e redondinho ajudava a dar essa cara despretensiosa e mais elegante. Eu, altamente influenciável, fui colocando o blush rosa na gaveta.

Só que recentemente fiquei morrendo de vontade de usar os meus de novo! E ando muito feliz de constatar que está rolando um revival do blush! Pode ser uma reação ao minimalismo predominante nos backstages de desfiles (que é absolutamente encantador quando o assunto é preparação de pele e tecnologia dos produtos, mas não é exatamente emocionante e colorido, certo?), pode ser que a gente tenha cansado de usar só iluminador de passarela ou contorno marrom das Kardashian.

Fato é: o jeitão mais moderno de aplicar o seu blush tem a cara dos 80’s, levando o pincel para as alturas, avançando com o cor-de-rosa cintilante sobre as têmporas. Emoção-disco pura sem parecer caricata.

Robert Estevão é dos maquiadores que apostaram nessa técnica no último SPFW. Eu também já tinha curtido as passarelas recentes da PUMA, Chanel (MELHOR EXEMPLO!) e, mais extrema, de Kenzo, que  fez meu coração bater mais forte em Paris (tem imagens lá na galeria!). Os tutoriais de maquiagem até deram um nome para esse blushão: draping.

Outra bela opção, mais comercial pro dia a dia, foi feita por Silvio Giorgio no desfile da Lolitta, também no último SPFW. As meninas entraram na passarela com um look quase monocromático, que misturava tons de ouro rosé e vinho nos olhos, maçãs e lábios. O blush ultrapassava um pouquinho as maçãs, daquele jeito que a gente fica vermelho quando criança, sabe? Coloque em prática usando os dedos e um belo produto produto cremoso. Deixa o blush ser protagonista <3.

Posts Relacionados