Receita para quem não tem habilidade alguma com batons líquidos
Eleitos

Receita para quem não tem habilidade alguma com batons líquidos

por Vânia Goy

Ando até sentindo falta dos batons tradicionais. Esse mesmo, que você tira a tampinha, gira o corpo e pressiona a tal da “bala” contra a boca. A maior parte dos últimos lançamentos de batom são líquidas. Especialmente os opacos, que ficaram ainda mais foscos, pigmentados e aveludados, já que as versões líquidas não tem aquela base de cera.

Testei fórmulas realmente maravilhosas como os Retro Matte (R$ 53), da M.A.C, com opções impressionantemente vermelhas; a linha Mark (R$ 23), da Avon, feita a base de um primer de lábios que preenche os vincos e fica muito confortável (o meu favorito até agora); os pequeninos (R$ 31) de Quem Disse Berenice?, o pink neon (US$ 38) da Giorgio Armani Beauty, o novíssimos Superfix (R$ 39), de O Boticário, que secam em instantes e só saem com demaquilante…

Opções (e preços) não faltam, mas eu não me apaixonava inteiramente por eles por uma simples razão: não conseguia deixar o acabamento perfeito como o dos batons em bala. E, recentemente, entendi tudo! Não consigo passar batom líquido em hipótese alguma sem usar um lápis labial antes! Sem o contorno, acabo com a boca toda torta, especialmente nos cantos, e um tanto mau-humorada, porque eles secam tão rápido que dar aquele jeitinho com a ponta dos dedos se tornou algo praticamente impossível.

Portanto, amantes de batom líquido que entenderam que eles são mais complicados de passar do que um gloss: invistam nos lápis labiais. Eu tenho três basicões que funcionam com tudo nas cores pink, vermelho e nude. Os meus favoritos são os Aqua Lips (R$ 99), da Make Up For Ever, macios e à prova d’água. Se você procura uma versão mais barata vá a uma loja da Quem Disse Berenice?: a marca tem mais de 10 cores que custam R$ 22.

Posts Relacionados