Terracotta de Guerlain e a história do pó bronzeador
Maquiagem

Terracotta de Guerlain e a história do pó bronzeador

por Vânia Goy - Conteúdo Patrocinado

“Três semanas de sol em três segundos”, foi assim que a Guerlain anunciou a chegada de Terracotta, em 1984, produto que inventou a categoria de pó bronzeadores. Na década do bronzeado, o produto foi revolucionário por entregar um efeito natural, diferente dos blushes marrons. E a técnica de aplicação, ensinada pelos experts até hoje, consiste em fazer o número três da lateral da testa, passando pelas têmporas e mandíbula, e assim ganhar a expressão mais quente. 

O sucesso retumbante se sustenta até hoje: a cada 20 segundos um deles é vendido no mundo. Dominique Szabo, diretora de criação da maquiagem da maison francesa na época, disse que a inspiração veio da tonalidades ensolaradas do deserto que ela cruzou durante uma viagem ao Marrocos. 

A versão original é quase fosca, com um toque de cintilância que garante esse espírito de verão o ano todo, mas o portfólio cresceu e é atualizado regularmente. A nova versão, Terracotta Light, chega por aqui com quatro tonalidades, formulação 96% natural, infundida com mel de flores marroquinas — ingrediente marca-registrada de Guerlain – que tem propriedades hidratantes para manter o frescor durante o tempo todo de uso. 

Apaixonada pela história das belezas que sou, tô honrada de mais de anunciar uma parceria para contar essas e outras histórias de Guerlain, que combina história e inovação ao longo deste ano!

Compartilhe

Leia mais!